Projeto Batá Kossô Recicla leva música e sustentabilidade ambiental a Orocó

Inscrições para Oficina Tambores de Rei leva cultura tradicional para os municípios de Olinda e Paulista
15/11/2018

Abertas as inscrições para oficinas do II Encontro Nacional de Crianças de Axé

03/05/2019

Serão contemplados 70 alunos da rede pública de ensino

O projeto Batá Kossô Recicla ancora na cidade de Orocó, 571 km da capital, localizada na mesorregião do São Francisco, Sertão de Pernambuco. A proposta visa utilizar a música como ferramenta de intervenção e transformação social, por meio de oficinas de confecção de instrumentos musicais e utilização de instrumentos industriais e a facilitação de oficinas de percussão.

Serão contemplados 70 alunos do ensino público municipal. As oficinas são gratuitas e acontecerão na próxima semana, entre os dias 06 e 11 de maio de 2019, no horário de 08h às 12h e das 14h às 18h e terá carga horária total de 80h, além de uma apresentação cultural, como contrapartida e culminância do momento de construção.

A ação tem o incentivo da Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult – PE), por meio do Funcultura e conta com apoio da Prefeitura de Orocó (PE). A realização é do Ponto de Cultura Batá Kossô, idealização, e produção executiva de Felipe França (Francinha), que também será um dos facilitadores das aulas, junto com o músico Jorge Riba.

Registro realizado na oficina Batá Kossô Recicla – etapa Sertânia, Sertão de Pernambuco. Na imagem, o momento em que os participantes colhem pedras para fabricar o ganzá, que foi utilizado nas aulas.  Foto: Felipe França / Divulgação

As aulas atenderão três escolas, sendo uma estadual e duas  municipais: Jacobi Antônio Oliveira, instalada, na Av. Prefeito Ulisses de Novaes Bione, 517 centro; a escola José Pedro, localizada na Comunidade da Casa Nova – Brígida e escola Amaro Ferreira da Silva, fazenda Santa Rosa. As duas últimas, situadas na Zona Rural de Orocó.

A Secretaria de Cultura de Orocó, Anastácia Vasconcelos fala da importância da oficina para a cultura do município.

“O nosso município só tem a ganhar com esta oficina de percussão, será um momento de valorização da nossa cultura, principalmente pela provocação do pertencimento a cultura local, que é fundamental para os jovens. Além das questões ambientais, que serão trabalhamos com a construção dos instrumentos musicais, precisamos muito dessa consciência”,  enfatiza a secretária.

A intenção do projeto é transformar materiais alternativos/recicláveis em instrumentos musicais e trabalhar o conceito de música e sustentabilidade, assim, democratizar a música de forma que essas localidades rurais, desenvolvam o empoderamento e protagonismo através da preparação para o ‘fazer artístico’ na coletividade.

Registro dos facilitadores com os alunos atendidos na oficina Batá Kossô Recicla em Sertânia – PE.

Jorge Riba, um dos facilitadores aborda suas expectativas positivas sobre a momento de aprendizagem.

Tenho muitas e boas expectativas em relação à oficina na cidade de Orocó, vamos trabalhar para o resultado seja bastante positivo, dentro da perspectiva da troca do conhecimento, isto é, aprender na medida em que se ensina. No mais, é mala nas costas, sonhos na mente e o mundo para experimentar” incentiva. 

Vivências dessa natureza, incentivam e despertam a criatividade dos participantes através de um processo de criação coletiva, apresentando aos contemplados novas e produtivas possibilidades do uso de materiais não convencionais como instrumentos musicais.

Para Felipe França destaca o processo de construção coletiva do conhecimento.

As aulas terão uma dinâmica, a partir das vivências locais. O  anseio é de obter o melhor resultado possível, que possamos deixar viva nossa cultura, propiciar um momento de aprendizagem mútuo, aluno professor, professor aluno, afirma o idealizado do projeto.

 

CONHEÇA MAIS SOBRE OROCÓ – PE

Orocó está inserido na bacia do Rio São Francisco, tem  o clima semiárido, os verões são quentes e úmidos, é neste período em que praticamente quase toda chuva do ano cai. Os invernos são mornos e secos, com a diminuição de chuvas; as mínimas podem chegar a 15 °C. As primaveras são muito quentes e secas, com temperaturas muito altas, que em que algumas ocasiões podem chegar a mais de 40 °C.

O município de Orocó, de acordo com o  censo 2013 do IBGE, Orocó possui uma população de 14.071 habitantes, distribuídos numa área de 554,759 km², tendo assim, uma densidade demográfica de 23,76 hab/km².

Bairros

Centro; Cohab Velha; Cohab Nova; Loteamento Miguel Arraes;

Povoados

Projeto Brígida/10 Agrovila; Fazenda Poço do Canto; Fazenda Casa Nova; Caatinguinha; Remanso; Vitorino Fazenda Poço Grande; Tapera e  Umburana.

Economia

O produto interno bruto dos municípios, divulgado pelo IBGE referente ao ano de 2011, a soma das riquezas produzidos no município é de 96.046 milhões de reais (117° maior do estado). Sendo o setor de serviços o mais representativo na economia orocoense, somando 53.665 milhões. Já os setores industrial e da agricultura representam 13.359 milhões e 24.897 milhões, respectivamente. O PIB per capita do município é de 10.299,96 mil reais (40° maior do estado). Fonte: Site da Prefeitura de Orocó

 

SERVIÇO

Oficina de Batá Kossô Recicla

Data: 06 a 11 de Maio

Local: Escolas Municipais – Amaro Ferreira da Silva; Jacobi Antônio Oliveira; José Pedro

Endereços:

Horários: 08h às 12h e de 14h às 18h

Entrada: Gratuita

Informações: (81) 9.9851-5195 (WhatsApp)

Imprensa: (81) 9.9986-8997 (WhatsApp)

 

4 Comentários

  1. Nailde Agra Barbalho Cavalcanti disse:

    Excelente o trabalho de vocês!Estou ansiosa para recebê-los na nossa escola Vereador José Pedro de Souza Orocó Pé.

    • Batá Kossô disse:

      Nós que agradecemos a oportunidade de poder realizar esse trabalho em Orocó. A música, assim como a arte transforma vidas. Essa é a nossa missão! Até segunda 🙂

  2. Synval Costa disse:

    Bela iniciativa da administração municipal da cidade de Orocó, pois o incentivo musical dado às crianças serve e muito para seus desenvolvimentos intelectuais, ademais, serve também para aformação de um verdadeiro cidadão.
    Parabéns ao prefeito, bem como, a Secretária que coordena a pasta.

    • Batá Kossô disse:

      Grato pelo reconhecimento, Synval. O projeto é incentivado pela Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco através do Fundo de Incentivo à Cultura (Funcultura) e tem o apoio da prefeitura municipal de Orocó. Grato a gestão do município, aos gestores escolares, sobretudo aos alunos que serão participantes. onde pretendemos construir de forma participativa e colaborativa todo o processo de formação. Estamos ansiosos 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *